segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Retromix, um novo olhar sobre a nostalgia



O retrô já é uma realidade no mercado dos videogames, certo? Hoje em dia todas as principais plataformas (Playstation, Xbox e Nintendo) ganham um bom dinheiro vendendo seus jogos clássicos online a preços módicos. A nostalgia é lucrativa.

Mas aí vem a Nintendo e lança NES Remix para seu novo console, o Wii U. Na vídeo-análise abaixo, que tirei desse post do Kotaku, dá para ver como a empresa foi hábil em pegar todos os jogos clássicos e remixá-los, criando novas dinâmicas e desafios.

Talvez no mundo da moda, por exemplo, isso não seja exatamente uma novidade, já que as tendências vão e voltam repaginadas, mas no meio dos videogames isso é notícia. E, se a gente começar a pensar bem, as possibilidade são infinitas.

Não gosto muito de ficar inventando termos para essas coisas, mas, nesse caso, Retromix define bem.

Um comentário:

O espaço é aberto para críticas, sugestões e até elogios. Só, por favor, não venha com spam.