terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Personagem da novela entra no BBB14. Isso é transmídia?

O Vinícius Werner me enviou essa notícia e me perguntou se isso poderia ser classificado como transmídia. Como a notícia é legal e a dúvida é pertinente, resolvi fazer um post sobre o assunto.

O resumo da notícia é que Tatá Werneck fará uma breve participação no próximo BBB14 interpretando Valdirene, sua personagem da novela Amor à Vida. O autor da novela passará orientações de como a personagem deve agir, mas nenhuma fala pronta. Se alguém chamar a atriz por Tatá, ela deverá corrigir a pessoa, falando que seu nome é Valdirene.


Abaixo faço alguns comentários:

1) Penso que isso é, no mínimo, um experimento bastante interessante de como dramaturgia e realidade se entrelaçam. Aliás, um experimento com um fundo poético. As novelas imitando a vida real e os reality shows cada vez mais novelescos.

2) Segundo o script divulgado a atriz deve passar pelo menos uma semana na casa, devendo ser eliminada depois desse período. Mesmo que esteja claro para os participantes que se trata de uma brincadeira da Globo, possivelmente temporária, imaginem só o nó que isso vai causar na cabeça deles.

3) Muito corajosa a atriz Tatá Werneck por topar uma brincadeira dessas.

4) Mas, afinal, como classificar uma ação dessas? Bom, antes de tudo é uma ação de divulgação da novela dentro do BBB14. Ou, dependendo do ponto de vista, uma ação de divulgação do BBB14 para o público que já assiste a novela. Há um grande potencial de um programa emprestar público para o outro.

5) Ok, mas é transmídia ou não? Depende. Transmídia pressupõe mais de uma mídia. Alguns autores dizem que é preciso 3 ou mais. Se a gente considerar que a novela e o BBB14 fazem parte da mesma mídia (TV), não é. Se a gente quiser ter uma interpretação um pouco mais aberta, levando em consideração que o BBB14 já é multiplataforma por excelência, estando presente não só na TV, então pode ser que seja transmídia.

6) Vamos consider uma interpretação mais aberta. Daí é transmídia, né? Depende. Haverá alguma conexão entre esses dois episódios? A experiência da personagem no reality show terá algum reflexo, por mínimo que seja, na novela? A personagem realmente viveu aquilo dentro da ficção ou foi uma mera peça de marketing para promover a novela? Em última instância, essa experiência no BBB14 agregou alguma coisa à experiência dramática de quem acompanha a novela? Isso contribuiu de alguma forma para o arco do personagem, ou, pelo menos, para construí-lo melhor? Se as respostas aqui forem SIM, então podemos considerar isso transmídia (*).

(*) alguns teóricos e acadêmicos discordariam de mim, para vocês verem como o conceito é novo e ainda um pouco difuso.

7) E isso aí é storytelling também? No mínimo é uma ação de marketing que usa recursos de storytelling, afinal, usa uma personagem em uma determinada situação para promover a história de qual ela faz parte. Mas precisaremos assistir essa primeira semana de BBB14 para ver se a história da Valdirene no reality show será boa mesmo.

8) Uma coisa que eu falo muito para os meus alunos é que, independentemente de ser storytelling ou não, transmídia ou não, o importante é fazer sentido e agregar valor à experiência do público. Nesse caso, tem tudo para preencher todos os quesitos.

19 comentários:

  1. Oi, Bruno. A TV Globo tem conseguido trabalhar transmídia de maneira muito inteligente. Esse trabalho agora juntando a novela e o BBB é, na verdade, uma tentativa de puxar a audiência da novela (que está muito boa) para dar um start no BBB, modelo já um pouco desgastado. A Globo faz isso para medir audiência e perceber o comportamento do usuário/telespectador. De posse dos dados é possível avançar ainda mais. Parabéns pelo post.

    ResponderExcluir
  2. Não, não é transmídia. Embora a Globo force a barra pra qualquer coisinha fora da TV pareça transmídia. "Empreguetes" foi transmídia, algumas outras coisas também foram, mas isso não é transmídia. Isso é crossover (muito comum na TV americana desde a década de 50 e já foi feito algumas vezes no Brasil na década de 70 nas novelas do Dias Gomes e da Janete Clair - onde os personagens da novela de um entravam e influenciavam na novela do outro). O diferencial é que o crossover geralmente é entre dois produtos de ficção e desta vez será entre um de ficção e não ficção. Já tem casos de crossover até entre dois produtos de não-ficção. É legal, é bacana, mas não é transmídia e não é novidade nem de longe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gustavo, pelo meu entendimento vai depender muito do comportamento da personagem e se isso vai influenciar a trama da novela ou não. Se ela ter ido para o BBB14 fizer parte da ficção, pode ser considerado transmídia sim. Se for apenas uma participação promocional, aí concordo com você: é só um crossover (não lembrava desse termo, obrigado por lembrar).

      Excluir
    2. Se a narrativa da personagem continuar, tanto de antes ou depois da novela é transmídia.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Acho que: como o BBB é um programa crossmidiatico (sai de uma mídia e vai para outras - da TV para a internet), a pessoa acessa a mesma coisa de duas formas diferentes. O mesmo acontece com a novela, que pode ser vista na TV e na internet!
    Ja como transmidia, ate onde não me falha a memoria, sao meios diferentes que transmitem mensagens que acabam se complementando entre s (mas ocorre corte na informação se vc nao ver todos os meios)i....logo, acredito eu que nas aulas que eu não dormi, isso é crossmidia e não transmidia!
    Posso estar erradinhoooooo, but....minha opinão so! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nicollas, a novela que é transmitida tanto na TV quanto na internet realmente é crossmídia. Já no BBB o caso é um pouco diferente, pois a internet trás informações que são complementares à da TV. Isso deixa todo o caso um pouco mais complicado. :)

      Excluir
  5. Transmidia pede sempre uma participação da audiência. Co-criação, compartilhamento, interatividade ou seja qual for o tipo de participação, falta muito pouco para essa ideia se tornar Transmídia, por exemplo se o publico puder realmente votar em deixar ou não o personagem na casa! Ai vira uma ação Transmídia seguindo os 8 conceitos do artigo "Era Transmidia".
    Posso estar errado, são apenas alguns insights.
    Parabéns pelo artigo Bruno!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pessoalmente não gosto muito dessa definição. Há casos de transmídia sem co-criação e interatividade. Mas o conceito ainda está em evolução e há muitas visões sobre ele.

      Excluir
  6. Vejo que são produtos diferentes. Cada produto, novela ou BBB, é transmídia, pois é transmitido pela TV, mas complementado pela internet. Acredito que seja um diálogo de produtos de transmídia. Assim como você citou a mútua publicidade que cada produto terá, a partir desse diálogo de produtos.
    Marcílio

    ResponderExcluir

O espaço é aberto para críticas, sugestões e até elogios. Só, por favor, não venha com spam.