quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

50 Tons de Storytelling


Ontem eu, o Fernando Palacios e alguns membros do grupo de Storytelling & Transmedia do Facebook nos reunimos em um Hangout do Google + para discutirmos o fenômeno "50 Tons de Cinza" do ponto de vista da literatura, cultura e também das várias marcas que aparecem explicitamente ao longo da história. Aliás, o Fernando Palacios fez um post bem legal sobre esse último tópico, aqui.

O resultado está no vídeo abaixo, que começa morno, com os participantes lidando com questões técnicas da transmissão, mas termina em alto nível e novos participantes que vão entrando na discussão durante a conversa.

E, antes que você me pergunte, sim, eu li os primeiros capítulos do livro até o momento desse post, e pretendo dar continuidade depois dele. Para além da modinha há coisas bastante interessantes na obra da E. L. James. Não é um clássico instantâneo da literatura, mas é um fenômeno cultural que vale ser observado mais de perto.

Um comentário:

O espaço é aberto para críticas, sugestões e até elogios. Só, por favor, não venha com spam.