terça-feira, 10 de julho de 2012

Estudos indicam que criatividade dá resultado

Ano após ano publicitários de todo o mundo discutem sobre a relação entre campanhas criativas e resultado de causa e efeito. Há quem defenda a relação de causa e efeito, mas também há quem negue sua existência.

Essa apresentação, dica do @pedropsicomostra uma série de estudos que mostram a correlação positiva entre publicidade criativa e resultado para os clientes. A partir daí faço algumas considerações, logo depois do ppt:
The Case for Creativity
View more presentations from James Hurman

- Definir e medir criatividade é uma tarefa bem complicada. Na maior parte desses estudos o critério adotado é que campanha criativa é campanha premiada em festivais de publicidade. Ok, isso é alguma coisa, e alguma coisa é melhor que nada, mas não podemos nos enganar achando que toda campanha premiada é criativa e vice-versa.

- Mesmo sem dados concretos acho bastante razoável imaginar que campanhas criativas tenham mais chance de chamar e segurar a atenção das pessoas, e esse é o primeiro passo para qualquer bom resultado. O problema é que só isso não é o suficiente. Existem campanhas que chamam a atenção do público mas não transmitem nenhuma mensagem sobre a marca. É só ligar a TV e você vai achar vários desses.

- Nesses tempos de profundas mudanças na nossa indústria me parece certeiro acreditar que a criatividade é um componente cada vez mais importante. A consequência de estarmos inundados de dados por todos os lados é que vamos nos treinando a ignorar o que não é importante. E aí surge uma questão: o que é importante para o ser humano?

- Por essas e outras aquela visão romântica do publicitário como artista nunca esteve tão próxima de se tornar realidade. Mas não vamos nos enganar, o objetivo final dessa indústria ainda será vender, vender e vender. A diferença é que o caminho poderá ser bem mais prazeroso para aqueles que acreditam na criatividade humana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço é aberto para críticas, sugestões e até elogios. Só, por favor, não venha com spam.