quarta-feira, 6 de junho de 2012

Storytelling é sobre coisas complicadas


Nesse vídeo Ken Burns, famoso diretor de documentários, fala um pouco sobre sua visão das histórias.

Ele diz estar interessado por histórias nas quais os heróis possuem falhas e os vilões são convincentes. Concordo plenamente. :)

Aliás, é interessante notar que duas das figuras do mundo dos negócios mais admiradas dos últimos tempos, Steve Jobs e Mark Zuckerberg, sempre foram explorados como personagens complexos, tendo suas falhas escancaradas e volta e meia reconhecendo a força dos concorrentes. O ponto é que, por causa disso, ambos são vistos como figuras mais humanas, e só ganham em admiração.

Bem diferente da "velha cartilha", que prega não mostrarmos nenhuma fraqueza na vida profissional. Eu realmente não acredito mais nisso.

Mas chega de papo furado. Dá play aí e assiste.



via Brain Pickings

PS: Esse mesmo Ken Burns é conhecido por ter inventado aquele efeito onde a câmera vai deslizando e dando zoom em imagens estáticas, bastante usado em documentários. O nome disso é "efeito Ken Burns".

2 comentários:

  1. Concordo Bruno... as histórias que mais nos cativam são aquelas que de alguma forma retratam o mundo imperfeito em que vivemos, e com as quais, de alguma maneira, podemos nos identificar. Lembro de Star Wars que introduziu um mundo de ficção todo sujo, enferrujado e cheio de vilões.... enquanto que o resto dos filmes de ficção da época o futuro era todo perfeito, branco e reluzente...
    Valeu pelo vídeo!!!!

    ResponderExcluir

O espaço é aberto para críticas, sugestões e até elogios. Só, por favor, não venha com spam.