segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Inovação Fail

Só eu mesmo para publicar posts em 31 de dezembro! Foi isso que aconteceu em 2009, quando escrevi Invenção quase perfeita. Agora, republicando aqui, resolvi mudar o nome, mas o raciocínio continua válido. No mais, é basicamente um texto sobre o desespero de algumas empresas e pessoas por fazerem diferente, mesmo que isso signifique fazer pior. Eu já fui assim.


A menos que você tenha comprado uma residência nova, ou feito uma reforma elétrica recente, duvido que esteja devidamente equipado para suportar o grande número de equipamentos eletrônicos que a modernidade nos proporciona. E dá-lhe comprar uma infinidade de réguas, extensões e benjamins.

Nesse contexto a invenção acima é genial. Uma tomada que já tem uma extensão embutida. A TV está muito longe do ponto mais próximo? Não tem problema, é só puxar.

Mas aí você começa a ler essa análise e vê que o mundo, infelizmente, não é tão cor de rosa assim. Devido aos custos de produção esse treco custaria pelo menos 10 vezes mais do que a soma de uma tomada e uma extensão comuns. 100 dólares, para ser mais exato. Quantas pessoas pagariam 100 dólares em uma tomada?

Uma pequena parcela da população poderia, sobretudo se estiverem reformando suas casas. Mas e se o fio embutido ou a roldana interna quebraram? Quanto custa e que tipo de trabalho dá para consertar isso?

Por essas e outras essa é uma daquelas invenções quase perfeitas. A gente olha a foto e pensa que é genial, mas na ponta do lápis a realidade é diferente.

5 comentários:

  1. O Cardoso do blog Contraditorium (que escreve bons posts com uma frequência exata de 50%) publicou dois textos que corroboram com o argumento que ut apresenta aqui. Ele fala de uma apresentação de TED sobre um “equipamento de filtragem de água genial, mas que custava US$299,99 a unidade. Muito bom, salvaria vidas mas é inviável, custa mais caro que o PIB de alguns países africanos.”

    E logo após coloca o vídeo abaixo que é simplesmente uma das ideias mais geniais e viáveis que eu já vi, com um impacto imediato na qualidade de vida de toda uma comunidade

    O vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=SBWi3NtND68

    ResponderExcluir
  2. Antonio, MUITO LEGAL o seu exemplo. Posso publicar isso dando crédito a você?

    ResponderExcluir

O espaço é aberto para críticas, sugestões e até elogios. Só, por favor, não venha com spam.