segunda-feira, 12 de setembro de 2011

O Grande Gatsby versão 8 bit

Adoro essas adaptações de tudo quanto é coisa para a linguagem 8 bit, e a explicação provavelmente está no fato de que eu vivi essa época com muito intensidade. Nostálgico sim, e com muito orgulho.

Nesse sentido o que achei de mais interessante nos últimos tempos foram adaptações literárias para a linguagem 8 bit. Escolha um livro clássico e transforme um game de Nintendinho, assim mesmo.

O vídeo abaixo é um clipe do jogo do Grande Gatsby. O jogo em si está nesse link. Haja imaginação! E pensar que naquela época as adaptações (por exemplo, do cinema para o game) eram exatamente assim, beirando o surrealismo. Na época era pura diversão, agora é uma linguagem artística.

Impossível não pensar no #TalkShow sobre tradução intersemiótica (adaptação de uma obra de um meio para o outro) que gravei com o Ernesto Diniz. Se você se interessa pelo assunto, ouça já!

 

via Open Culture

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O espaço é aberto para críticas, sugestões e até elogios. Só, por favor, não venha com spam.