terça-feira, 29 de março de 2011

Boas histórias não precisam de grandes orçamentos

A Casa Muda, cujo trailer você assiste aí embaixo, é um filme uruguaio que custou 6 mil dólares e é um dos destaques do Festival de Sundance desse ano.



Não bastando ser de um país sem grande tradição cinematográfica, é o primeiro filme de terror feito em plano sequência, ou seja, ligaram a câmera e filmaram de ponta a ponta, sem cortes.

Ainda não assisti, mas só por essa combinação singular de características acho que já vale a pena.

Sou fã de qualquer iniciativa que, sem muitos recursos, consiga materializar uma boa história.

Agora imaginem só se esse filme tivesse sido bancado por uma empresa, contendo um product placement que fosse essencial para a história (chamo isso de story placement). Com um orçamento bem menor que uma propaganda sua marca já estaria em Sundance, e nesse blog, e talvez em outros.

Se essa idéia te interessou, entre em contato comigo: brunoscarto@caldinas.com.br

3 comentários:

O espaço é aberto para críticas, sugestões e até elogios. Só, por favor, não venha com spam.